O QUE É O FÓRUM BIENAL DE PESQUISA EM ARTES?

O Fórum Bienal de Pesquisa em Arte, implantado no ano de 2002 pelo então Núcleo de Artes da Universidade Federal do Pará – NUAR/UFPA, desde 2010 passou a ser uma realização do PPGARTES. Trata-se de um espaço institucionalizado de debates e de socialização de pesquisas nas diversas linguagens artísticas em interface com outras áreas do conhecimento, realizadas por profissionais da UFPA e de outras IES, assim como por aqueles vinculados a instituições de Ensino Básico Profissional.

O evento visa, por meio de discussões, reflexões, comunicações e performances, difundir e ao mesmo tempo rever junto com a comunidade e, em especial, com a classe artística, os resultados das pesquisas desenvolvidas intra e extra academia, estabelecendo um diálogo que permita maior inserção da academia na sociedade. O Fórum possibilita aos participantes e à comunidade vivenciar experiências  estéticas, críticas, formacionais e éticas no domínio da arte.  Todas as edições do Fórum produziram conhecimento a partir da arte, divulgados desde a primeira edição em seus Anais.

Foram realizadas sete edições, pontos de encontro  de artistas, pesquisadores, artistas-pesquisadores,  buscando ser  espaço permanente de produção e troca de conhecimento  no campo da arte. Para isto, vem fomentando ambiência de circulação de processos artísticos e de pesquisas em arte,apresentando em cada edição temas caros à arte, e seus amantes e estudiosos:

  • 1ª edição (2002) – “Arte e Linguagem”
  • 2ª edição (2004) – “Arte, Corpo e Tecnologia”
  • 3ª edição (2006) – “Arte, Hibridismo e Interculturalidade”
  • 4ª edição (2008) – “Arte e Ambientalidade”
  • 5ª edição (2010) – “Pro-vocações – trans-formações – re-voltas”
  • 6ª edição (2013) – “Corpos entre artes / artes entre corpos”
  • 7a. Edição (2015) – “Pele da Arte”

O Fórum Bienal de Pesquisa em Arte vem permitindo a divulgação das pesquisas desenvolvidas intra e extra academia, estabelecendo nesses diálogos maior inserção da universidade na sociedade. O Fórum possibilita aos participantes e à comunidade vivenciarem experiências estéticas, críticas e éticas no domínio da arte.